24/10/2016

Juventude começa a pensar em 2017, ano em que voltará a participar da Série B do Campeonato Brasileiro

 

Fora da decisão da Série C do Campeonato Brasileiro depois da segunda derrota para o Boa Esporte, sábado, em Varginha (MG), outra vez por 2 a 1, o Juventude passa a pensar na próxima temporada. Com a vaga garantida na segunda divisão nacional, o alviverde caxiense disputará 38 partidas, sendo a metade em casa.
Depois do Gauchão, no qual o Juventude foi vice-campeão este ano, a participação na Série B deve resultar num considerável acréscimo no orçamento do clube, devido às cotas de televisão. Isso sem contar a movimentação financeira na cidade, com a presença de delegações e torcedores de outras equipes.
Em novembro, o Juventude deverá definir o comando, se mantém o presidente Roberto Tonietto ou buscará outro dirigente. A partir daí serão aceleradas as decisões no futebol. Devido à boa campanha deste ano, o técnico Antônio Carlos Zago e alguns jogadores que se destacaram são cobiçados por outros clubes. Assim, fica difícil a manutenção de todo o grupo de atletas e comissão técnica.

Voltar
Compartilhar: