Vôlei

Revelação de talentos

A convocação do central Éder Carbonera para integrar a seleção brasileira de vôlei na Olimpíada Rio 2016 foi o ponto mais alto de um trabalho iniciado na década de 1980 na Universidade de Caxias do Sul (UCS). Pela primeira vez, a cidade teve um representante nessa modalidade na competição mais importante do mundo, e com a conquista da medalha de ouro, feito inédito entre os atletas nascidos na Serra gaúcha.

Mesmo antes de se consagrar com o grupo do técnico Bernardinho, Carbonerou se somou a atletas de expressão formados na instituição, como Gustavo Bonatto, Roberto Minuzzi, Fernando Kreling e Angélica Malinverno, entre outros, que passaram e ainda defendem grandes clubes do país. Todos se transformaram em referências para os jovens das categorias de base.

Entre 2002 e 2010, a UCS frequentou a Superliga Masculina, a principal competição do país. Mas, devido aos custos, acabou saindo, optando pelo trabalho na base, que continua formando talentos. Agora, a coordenação é da Associação de Pais e Amigos dos Atletas de Voleibol (APAAVôlei), sendo que a instituição contribui com patrocínio e instalações para treinos e jogos, contando com um ginásio exclusivo para a prática. As equipes participam de todas as divisões do estadual e outras competições. Também representam a cidade em torneios intermunicipais.